segunda-feira, dezembro 24, 2007

Tecnologia Brasil - Internet Wi-fi popularizada

Imagine um cenário de um futuro breve, onde cidades inteiras poderiam estar completamente cobertas por Internet Wi-fi. Não só shopping centers, mas qualquer estabelecimento ou região estariam ligados à Internet todo o tempo.

Se perdeu tentando achar algum endereço? Acesse o Google Maps ou sistema GPS de seu próprio celular. Precisa ler aquele e-mail urgente que acabou de chegar? Sem o wi-fi você nem mesmo saberia que ele já está disponível para leitura. Com o wi-fi, dependendo da localização, você poderá lê-lo no celular enquanto aguarda o sinal abrir, sem o custo das taxas mensais de pacotes de dados oferecidos pelas operadoras.

Ao que tudo indica, esse cenário já está bem perto de se tornar realidade. Com ele, as possibilidades são infinitas. Tanto para utilização de notebooks, celulares, vídeo-games portáteis e outros dispositivos. É a tão falada convergência se tornando acessível.

Há exatamente um mês, notícias pipocaram a respeito de cidades que viabilizaram projetos de disponibilizar Internet Wi-fi. A princípio, a idéia intenciona interligar repartições e órgãos públicos como escolas municipais, postos de saúde e prédios administrativos, como por exemplo, na cidade de Xangri-Lá, município do Rio Grande do Sul e uma das primeiras cidades a aderir o projeto.

Na semana passada, outra cidade, desta vez mineira, terá rede Wi-fi em sua rede urbana. Será Barbacena, com seus 55 pontos de acesso no primeiro momento.

Felizmente, a capital mineira não ficou esquecida e tem projeto para estar completamente coberta por acesso de Internet banda larga já em 2008. O Ministério das Comunicações investiu R$ 3,5 milhões e a prefeitura de Belo Horizonte, cerca de R$ 800 mil. Caso o o projeto seja concluído, Belo Horizonte será a primeira metrópole brasileira completamente coberta pela internet sem fio.

Com isso, novas formas de publicidade, promoções e relacionamento com públicos são levantadas e podem ser utilizadas pelas empresas. Por parte de usuários e consumidores, as utilidades e funcionalidades permitidas por um acesso facilitado à Internet, estão cada vez mais próximas.

Vale ainda lembrar que fora do Brasil, a prática de cidades inteiras cobertas por Internet já é uma realidade e uma prática até mesmo comum. Vide exemplo de Mountain View, Califórnia, sede do Google e outras cidades européias.

Links:

- http://info.abril.com.br/aberto/infonews/112007/27112007-5.shl
- http://info.abril.com.br/aberto/infonews/122007/17122007-10.shl
- http://www1.folha.uol.com.br/folha/informatica/ult124u348781.shtml

segunda-feira, dezembro 10, 2007

Automóveis - Fiat Bravo

Há aproximadamente um mês, eu só vejo carros na minha frente. Um tal Projeto BMW - a ser lançado em 2008 - vêm me tirando o sono completamente. Fazer planejamento de algo que beira o hobbie tem lá seus perigos; As idéias brotam do chão, se multiplicam e o cérebro entra em transe com tanta informação e coisa interessante a ser aproveitada. Enfim, esse projeto fica pra um próximo post.

Nesse, vou falar dos momentos de folga, quando não são projetos, nem publicidade, nem comunicação que estão em pauta. Então, quando sobra um tempo, o que aparece?!

Carros.

Não tem jeito, desde muleque eu sou perseguido pelas 4 rodas. Vasculhando a Internet sem muitos objetivos, me deparo com isso:



No segundo pós-vídeo, a chama publicitária acesa ordena a procura de outros comerciais:



Comerciais maravilhosos, a bem da verdade. Parabéns à Fiat enquanto marca, que vêm nos últimos anos se re-erguendo no mercado mundial graças a carros com conceitos inovadores e outros com apelo visual fortíssimo como o Bravo, que ainda não tem data prevista para desembarcar no Brasil, apesar de ser o substituto natural do Fiat Stilo.

Enfim, é apenas mais um sonho de consumo pra lista kilométrica :-D

domingo, dezembro 02, 2007

Mercado de Trabalho - Estágio sem Q.I.

Navegando semana passada em alguns blogs, me deparei com uma iniciativa inusitada mas muito interessante. Se trata do processo seletivo para a vaga de Planejamento da agência JWT (Shell, Nestlé, Ford, Coca-Cola, HSBC etc.) de São paulo.

Saindo da premissa da escolha de candidato por Q.I. (quem indica), a agência criou um blog, abriu a oportunidade à quem se interessasse pela vaga de estágio e decidiu fazer todo o processo seletivo on-line e através de tarefas bem direcionadas.


A primeira delas e mais simples, consistia em criar um blog pessoal para se apresentar; currículo, história de vida, personalidade, hobby favorito e, por fim, falar por que a escolha de planejamento e JWT.

Como segunda missão, os candidatos tinham de fazer um post de no máximo 20 linhas selecionando duas marcas de uma mesma categoria. Então, deveriam analisar o posicionamento de mercado e ilustrar como esse posicionamento é tratado na comunicação (anúncios, filmes, sites, ações promocionais, etc.).

O terceiro e último desafio ainda está rolando e pode ser conferido aqui.

Particularmente eu estou bastante curioso pra saber quem leva a vaga, dentre os mais de 100 inscritos.

Ação de total relevância e direcionamento ao público-alvo, mesmo que este público possa estar desesperado e desempregado procurando uma vaguinha.. :D

sábado, dezembro 01, 2007

Cotidiano - O fim de um ciclo

E é chegada a hora. O canudo finalmente está a caminho.

Depois de incontáveis trabalhos, provas, livros, projetos, campanhas, peças publicitárias, rodadas de stress e tudo mais que um curso universitário tem a oferecer, estou enfim, formado. Comunicólogo com especialização em Publicidade e Propaganda. Meu Deus.

Só de escrever essas palavras já dá pra sentir um tremendo arrepio na espinha que se transforma num frio congelante na barriga. Uma mistura grande de expectativa e ansiedade do que realmente está por vir agora. Um ciclo se encerrou, e quer eu queira, quer não, ele era só o começo de muitos, há exatos 4 anos atrás. Mercado de trabalho, grandes responsabilidades, novas pessoas, metas, conquistas e objetivos estão logo alí, traçados e esperando para serem tocados.

À todos os colegas que também concluíram essa etapa, sejam eles os publicitários, os jornalistas ou os Rps que começaram juntos a caminhada naquela manhã de 2004, agradeço demais de verdade. Conheci pessoas realmente especiais que junto comigo, não usaram esse percurso apenas para se tornar profissionais, mas para amadurecer como indivíduos.

MAS, como nessa vida nem tudo são flores, tenho que me lembrar daquela data. Quinta-feira, 29/11/2007. O dia derradeiro. Provavelmente a última vez que subi os famosos degraus da escadaria da Puc São Gabriel. Um dia pra ficar guardado na memória de tanto nervosismo e ansiedade. Foi a tão esperada apresentação da banca de projeto experimental. A conclusão do curso, a demonstração pública de um esforço conjunto de 1 ano e 6 meses.

Noites sem dormir, dezenas de autores, livros, citações, sites, artigos, matérias, discussões, mudanças, idas, vindas, brigas, stress, enfim tudo, absolutamente tudo que se pode esperar de um projeto em que o objetivo final era não apenas formar 7 indivíduos, mas deixar uma pequena contribuição para os próximos que vão vir. E que assim seja. Que naquelas prateleiras da biblioteca da universidade, talvez alguns encontrem nas nossas próprias palavras agrupadas em 90 páginas, alguma coisa a se falar pra outros. Que baita orgulho isso dá só de pensar!

"A utilização da Internet na Comunicação direcionada a nichos" não foi só um trabalho, não foi um projeto. Particularmente, foi o ponto final, a linha de chegada de um baita objetivo; Formar. Meu, da minha família e de todos aqueles que vez ou outra compartilharam da minha empolgação em correr atrás, tentar e vencer os 4 anos que me separavam do famoso canudo.

Ao grupo de PE, apesar de todos os pesares, vocês sabem tão bem quanto eu que quinta-feira foi o nosso dia. Todos nervosos, todos apreensivos, todos tremendo ou por dentro ou por fora. Mas o mais bacana foi notar que além de tudo isso, todos estavam mesmo cheios de orgulho e felicidade ao ouvir cada um dos elogios que foram tecidos pra gente e pro nosso esforço. As críticas e as sugestões, essas sempre vão existir na vida e sempre vão servir de alguma maneira. Com toda certeza eu vou afirmar: O "guerrilha@googlegroups.com" vai ficar marcado pra sempre.

Ao Caio César, eu iria apenas agradecer por toda a ajuda e comprometimento com o nosso grupo, mas na verdade tenho que além disso, parabenizar. Parabenizar por ter conduzido todo nosso último ano deste trabalho de uma maneira primorosa. Nunca deixou de nos incentivar, dar dicas e acalmar a galera nos piores momentos, mesmo quando as confusões e as dúvidas que surgiam pareciam que iam fazer todo nosso trabalho ruir. Valeu Caio, você definitivamente teve a manha!

Pra finalizar o "post emoções", segue o link para download do nosso projeto. Modéstia a parte, o conteúdo vale muito a pena:

terça-feira, novembro 27, 2007

Vídeos - Maicow Nite

Impossível ir dormir sem apresentar Maicow Nite neste blog. E o melhor, na versão legendada:



E no Youtube é assim. Virou estrela instantânea num dia, ganha videoclipe no outro:



Via: Sedentário

quarta-feira, novembro 21, 2007

Cotidiano - As férias de Murphy

Pela primeira vez no ano, meu amigo íntimo Murphy decide tirar um merecido descanso.

No início da semana recebi uma correspondência informando que havia ganho R$30,00 do cartão de crédito como consolação por ter ficado mais velho.

Horas mais tarde recebo uma ligação do meu banco falando que fui sorteado na minha agência e que, se eu cadastrasse qualquer uma de minhas contas em débito automático, 100 pratas iriam vir direto pro meu bolso. Murphy definitivamente foi conhecer novas pessoas e se socializar :D

Update: Felizmente não era um "golpe internético", como diria minha excelentíssima mãe. A grana acaba de pousar suavemente na conta.

segunda-feira, novembro 19, 2007

Tecnologia - Anúncios Google versão impressa


Hoje mais cedo eu e o Penera chegamos (novamente) à velha conclusão: "Já era, o mundo vai SIM ser dominado pelo Google."

Se sozinho, o Google AdWords já é o responsável por gerar receitas de muitas pequenas e médias empresas e o Google AdSense o responsável pela alegria financeira de muitos blogueiros, nós todos não perdemos por esperar: "Google quer imprimir anúncios AdSense na sua revista preferida!"

Esse foi o título da reportagem que saiu hoje no MeioBit e que trata de mais uma invencionice da empresa de 200 bilhões de dólares.

A idéia em questão é tão simples quanto genial: Personalização de conteúdo e publicidade em publicações de formato impresso.

Resumindo: Eu - Filipe Reis, assinaria a "Revista Google" e ela teria matérias e artigos sobre novidades automotivas, mundo da publicidade, futebol, tecnologia, investimentos, internet, cinema, boa música, bons livros e por fim, BMW. Meus gostos e interesses pessoais, nada mais que isso. Não apenas o conteúdo seria completamente direcionado e segmentado à minha pessoa. Todos os anúncios publicitários da revista, estariam obrigatoriamente a favor dos meus provaveis interesses de consumo.

As questões editoriais e de impressão não compensam ser discutidas, uma vez que a patente registrada ainda vai se desdobrar em muitas idéias com um bocado de execuções diferentes. Mas que o modelo é interessante, não há como negar.

sexta-feira, novembro 16, 2007

Lição de vida - Nick Vujicic

Não gosto de mensagens melosas de Power Point, pedidos de correntes humanitárias via e-mail nem nada do gênero. Mas quando você se depara com uma lição de vida de verdade, não há como passar imune. Até onde uma pessoa que nasce sem os braços e sem as pernas pode ter uma vida normal?



Acho que neste caso, depois deste vídeo, a Adidas com sua frase sensacional resume tudo: "Impossible is Nothing."

Mais informações na Wikipedia ou no site da associação do próprio Nick: Life without limbs.

quarta-feira, novembro 14, 2007

Turismo - Bora Bora

O nome já é bem sugestivo por natureza, mas me digam se esse lugar não deveria se chamar algo como... "Lua de Mel"? Disparadamente uma das paisagens mais bonitas que já vi em um vídeo. Não me falem de "viagem pra Porto Seguro" até que eu esqueça que existe esse lugar, por gentileza. Mais informações de Bora Bora aqui.

PS: Carolina Fantini não se preocupe, já estou juntando dinheiro. Com R$1,00 por dia, poderemos pisar naquela água em mais ou menos.... 2039?! Ainda bem que você não se importa :)

segunda-feira, novembro 12, 2007

Interpol. Belo Horizonte. 2008. Fim.

Interpol em BELO HORIZONTE em 2008 #1.
Interpol em BELO HORIZONTE em 2008 #2.


Yeah but nobody searches
Nobody cares somehow
When the loving that you've wasted
Comes raining from a hapless cloud
And I might stop and look upon your face
Disappear in the sweet, sweet gaze
See the living that surrounds me
Dissipate in a violet blaze

Can’t you see what you’ve done to my heart
And soul?
This is a wasteland now

We spies
We slow hands
Put the weights around yourself
We spies
Oh yeah we slow hands
You put the weights all around yourself now

I submit my incentive is romance
I watched the pole dance of the stars
We rejoice because the hurting is so painless
From the distance of passing cars
But I am married to your charms & grace
I just go crazy like the good old days
You make me want to pick up a guitar
And celebrate the myriad ways that I love you

Can you see what you’ve done to my heart
And soul?
This is a wasteland now

We spies
Yeah we slow hands
You put the weights all around yourself
We spies
Oh yeah we slow hands
Killer, for hire you know not yourself

We spies
We slow hands
You put the weights all around yourself
We spies
Oh yeah we slow hands
We retire like nobody else
We spies
Intimate slow hands killer
For hire you know not yourself
We spies
Intimate slow hands
You let the face slap around herself

sábado, novembro 10, 2007

Publicidade - Tirinhas na TV

Minhas tirinhas preferidas foram parar na TV. O pessoal da Explosm, responsáveis pela criação do Cyanide and Happiness - um webcomic simplesmente hilário - foram contratados pela empresa de telefonia inglesa Orange para fazer dois vídeos no melhor estilo tirinha de jornal. A campanha consiste em dizer que "filmes são melhores com os amigos" veiculando assim a promoção das quarta-feiras, onde os clientes compram dois ingressos pelo preço de um enviando uma SMS para a operadora.

Os personagens dos quadrinhos em versão animada são impagáveis. Confira os vídeos:





Campanha simples, direta e com uma linguagem totalmente focada no público-alvo.

sexta-feira, novembro 09, 2007

Música/Vídeo - Foo Fighters

Mesmo depois de duas edições espetaculares do Tim Festival, Foo Fighters ainda é de longe a banda predileta deste blog. Mesmo quem não gosta da sonoridade ou do Dave Grohl, uma coisa tem de admitir: Quando o assunto é videoclipe, os caras simplesmente destroem.

Se o clipe é pra ser ser levado a sério, então eles o fazem à risca. My Hero, Best of You e Times like These dentre outros, provam isso com facilidade. Agora, se o assunto é comédia, canastrice e "cinema-pastelão", aí realmente não tem pra ninguém. A banda deixa de ser banda. Viram 4 atores que tocam alguns instrumentos. Breakout, The One, Learn to Fly, Resolve, Big Me...

E pra que toda essa análise? Pra apresentar os dois clipes mais recentes da banda, do cd Echoes, Silence, Patience, Grace.

O primeiro deles, do single The Pretender encaixa-se na classe dos "sérios". Direção de fotografia maravilhosa, efeitos absurdos e tudo bem combinado, áudio e vídeo.



Já o segundo, vou comentar que é 200% Non-Sense. A música Long Road to Ruin serve de base pra uma história completamente... mexicana! Pra começar, Dave Grohl é um médico loser e chorão. O resto você confere no vídeo abaixo, que tem um roteiro bacana e bizarro.



Para assistir em alta resolução, é só clicar aqui.

quinta-feira, novembro 08, 2007

Esportes - Sedentário por opção

Perdi as contas de quantos anos estou sem praticar alguma atividade física de forma regular. Falta de tempo e preguiça já foram algumas das desculpas. A partir de hoje eu vou usar apenas uma: MEDO.



Pra que me aventurar em coisas tão perigosas quando a cadeira do escritório e de casa são tão mais confortáveis e seguras? :D

terça-feira, novembro 06, 2007

Brainstorm com mestre Justus

Sempre ele. Mestre Justus inspira novamente. Genial a montagem que fizeram utilizando o 'patrão' do aprendiz como participante de um Brainstorm. Quem já participou desses processos sabe o tanto que é estressante. Agora, imagine fazer um Brainstorm em que, as idéias finais tem de ser aprovados por ELE.



E por que Justus é mestre? Porque essa não é a primeira vez que ele inspira uma sensacional vídeo montagem. Abaixo o vídeo usado na colação de formatura dos alunos de Comunicação da UNB.



Fonte do vídeo do Brainstorm: Sedentário

segunda-feira, novembro 05, 2007

Tim Festival 2007


Há exatos 7 dias, lá estávamos nós, na metrópole mor do Brasil, preparados para assistir The Killers e Arctic Monkeys na mesma exata noite. Repetindo 2005, a euforia por ver duas bandas excelentes na mesma noite era demais e por alguns momentos, quase esquecíamos que não tínhamos mais força nos músculos das pernas por estar de pé há 5 horas. Esquecíamos que tínhamos bebido apenas um copo d'agua desde o início da tarde e que pedaços de chocolate eram a única fonte de energia no estômago.

A verdade é que não dá simplesmente pra ficar falando, falando e falando denovo sobre como foi tudo aquilo. Não dá pra falar como que tudo foi bom e que por mais desorganizado que um evento possa ser, na hora de cantar um refrão com mais 20.000 pessoas, tudo parece extremamente muito bom. E tudo faz seu devido sentido. Definitivamente não dá pra falar como foi cada detalhe daquela longa jornada paulista que culminou no raiar do sol de uma segunda-feira, que pra mim durou 5 dias, mas que vai ficar guardada na memória por mais uns 50.

Se falar não adianta muito, nada melhor do que imagens:


Spank Rock: Chegamos ao show. Rap-funk-ska tocando ao fundo num Anhembi ainda vazio. Começo de tarde. A "banda" que lembrava muito um Black Eyed Peas sem a Fergie, fez lá seu show pra parte vip da platéia, arrancou umas palminhas e foi embora, cumprindo seu papel de abertura do festival.

Hot Chip: Com problemas de som, o Hot Chip fez um show tranquilo, dançante e sem exagero algum. A maioria da platéia estava, assim como eu, esperando 'Over and Over' para que os ingleses descessem do palco com missão cumprida. E a missão foi cumprida.

Björk: "Meu Deus". Eu achava essa singela mulher apenas estranha. Depois desse 28 de Outubro ela conseguiu definitivamente me fazer ter ódio de sua pessoa. Não pela música, de forma alguma. Musicalmente falando, continuo sem entender como o público dela consegue digerir o som, mas isso eu tenho que apenas aceitar. Afinal, eu gosto de música que soa linear pra minha cabeça e para os ouvidos. Tem gente que não.

O show em sí foi um espetáculo teatral. Tudo muito bonito, bem produzido. Canhões de luz e lasers coisa e tal. Agora, o fato de usarem duas horas dos outros shows pra DESMONTAR A PARAFERNÁLIA que ela deixou no palco é simplesmente inadmissível. Até chuva de confetes teve alí naquele carnaval. Se na Islândia isso é normal, aqui no Brasil definitivamente não é.

Falando em carnaval, alegorias não faltaram. Olha o carro do Salgueiro em pessoa:

Juliette and The Licks: Juliette Lewis é louca. Ela é definitivamente perturbada ou pelo menos atua muito bem como tal. E isso é muito bom. Entrou colocando banca, roupa de ninja high-tech, pena na cabeça e tudo o que tinha direito. Particularmente achei o show sensacional. Já conhecia o trabalho da moça na companhia dos Licks e ao vivo ela não desapontou. O rockzinho-punk-hardcore-pegajoso soa extremamente divertido ao vivo e a performance exagerada de Juliette dá um toque de classe. Pra quem estava louco pra agitar um pouco depois de 'algumas' horas em pé, "Hot Kiss" foi providencial. Os joelhos agradeceram, Juliette.


Arctic Monkeys: Os Macacos do Ártico estão desde 2005 tocando sem parar em qualquer aparelho que toque MP3 e esteja ao meu redor. Eles surgiram na onda Internet, alavancados ao estrelato pela molecada que começou a compartilhar suas músicas compulsivamente MESES antes deles pensarem em lançar um cd. De lá pra cá, após dois cds lançados e muitos hits com letras pegajosas (que eu prefiro chamar de clássicas), vê-los ao vivo foi o bastante pra gerar aquela sensação de: "Aonde estou mesmo? O que que eu estou fazendo com tanta gente estranha por perto?"

E assim foi o show; atordoador. Os "moleques" entraram, DEBULHARAM em forma de petardos rápidos e muito altos um setlist em nossas cabeças, agradeceram devidamente o carinho do público e foram embora. Foi aquela coisa surreal. Uma música acabava e você já estava no meio do refrão da outra sem nem perceber o que realmente estava acontecendo. Uma semana depois ainda estou digerindo tudo o que aconteceu durante aquela uma hora. O Youtube está me ajudando. (Prefiro nem comentar sobre as músicas que eles não tocaram por conta dos atrasos de nossa mui amiga Björk)


The Killers: Ou, 'A Catarse', como preferir. Eram 4:00h. O público não tinha arredado o pé do Anhembi e já estava impaciente com todos os atrasos, todos os contratempos. A organização ainda demorou bastante até que o palco em formato de jardim (?) fosse montado. Tempos depois, as luzes se apagaram. Todos sabiam que logo tudo estaria acabado, mas que antes, muitos iriam perder a voz cantando 'Smile like you Mean it', 'Mr. Brightside' e todo o resto.


E realmente foi o que aconteceu. Todos perderam a voz. Eram mais de 20 mil. Perderam e saíram de lá aliviados, agraciados por um setlist DESTRUIDOR, que no nosso caso, nos levou de volta à Belo Horizonte. E aqui, a 590 quilômetros de São Paulo, ficamos sempre lembrando com carinho dessa cidade que é sempre muito generosa quando o assunto é simplesmente...

...música!


Este post é dedicado ao Judeu, Ícaro, James, Pri e Penera, que ficaram horas em pé e também perderam a voz.

sábado, outubro 27, 2007

Cotidiano - Crise Aérea

Você sabe que está presenciando a crise aérea brasileira quando:

  • Demora mais de 40 minutos para fazer um check in de vôo.
  • A funcionária da compania o tranquiliza, falando que o vôo irá atrasar apenas 10 minutos, pois afinal, a crise aérea já acabou. (Mal sinal, muito mal sinal)
  • Seu vôo demora 30 minutos além do esperado para estacionar na pista para o embarque dos passageiros.
  • Todas as músicas de um mp3 player conseguem ser tocadas e tocadas novamente em uma espera eterna na pista aguardando a diminuição do tráfego aéreo de São paulo e com isto, a liberação da viagem.
  • O avião demora 15 minutos na cabeceira da pista para levantar vôo.
  • Tem que pousar em Guarulhos comprando passagem para Congonhas pelo fato do aeroporto fechar às 23:00 e você estar às 0:00 ainda nos céus.
  • É necessário que se ande em círculos por vários minutos ao redor de uma cidade qualquer do interior paulista apenas aguardando que uma vaguinha se abra na pista de pouso.
  • Olha pela janela e vê 3 (eu disse TRÊS) aviões voando (também em círculos) a alguns metros de distância.
Você sabe que está presenciando a crise aérea brasileira quando gasta um total de sete horas de viagem em uma 'empreitada' que deveria durar no máximo duas. Maravilha!

segunda-feira, outubro 22, 2007

Esportes - O desfecho da F1

Perdi "10zão".

Achei que em algum momento do Grande Prêmio do Brasil que aconteceu hoje, as duas McLarens iriam se atracar, mas nem isso foi preciso para que a Ferrari levasse para casa não só o campeonato dos construtores, mas também o de pilotos.

Kimi Raikkonen venceu e com a combinação de resultados da corrida, levou o troféu para casa. Dentre os três que ainda disputavam o campeonato, o finlandês era o que tinha as menores chances.

O estreante e super-mais-nova-estrela-do-automobilismo, o inglês Lewis Hamilton, não aguentou a pressão. Errou HORROROSAMENTE logo na segunda curva e depois ainda teve problemas de câmbio.

Assim, o domingo terminou em Interlagos com chuva de papéis para o homem de gelo.

sábado, outubro 20, 2007

Esportes - Interlagos e as combinações do título na F1

A última vez que um campeonato foi decidido na última rodada, com três pilotos tendo chances de consagração, foi lá pra mil novecentos e década pra baixo.

Amanhã exatamente às 14:00, horário de Brasília, pode acontecer literalmente de tudo em Interlagos. O bizarro é que, para o campeonato ser definido, nada mais do que 12 (!!) combinações de resultados tem de ser observadas.

Hamilton será campeão se terminar:

- À frente de Alonso e Räikkönen.
- Em segundo lugar, mesmo que Alonso ou Raikkonen vençam.
- Em 3º, 4º ou 5º e Alonso não vencer, independentemente da colocação do finlandês.
- Em 7º, Alonso não passar do 3º lugar e Räikkönen não ganhar.
- Em 8º, Alonso não passar da 4ª posição e Räikkönen não passra do 3º.
- Sem pontuar ou abandonar, mas com Alonso não passando do 5º lugar e Räikkönen, do 3º.


Alonso será campeão se:

- Ganhar e Hamilton não conquista mais que o 3º lugar, não importando o resultado de Räikkönen.
- Terminar em 2º e Hamilton não passar do 6º, independentemente do resultado do finlandês.
- Terminar em 3º, Hamilton não ficar entre os sete primeiros e Räikkönen não ganhar.
- Terminar em 4º, desde que Hamilton não pontue e Räikkönen não chegue ao pódio.


Räikkönen será campeão se:

- Se ganhar, Hamilton não terminar entre os cinco primeiros e Alonso não chegar em segundo.
- For 2º, Hamilton ficar fora dos cinco primeiros e Alonso não chegar entre os três primeiros.





Independente do que acontecer e de quem for campeão, seria muito bacana ver novamente pelo segundo ano consecutivo, o xará fazendo bonito e cruzando a linha de chegada em primeiro. Eu aposto os famosos 'R$10zão' que as McLarens ainda vão se chocar nessa corrida, anota aí.

segunda-feira, outubro 15, 2007

Blog Action Day


Muitos blogs anunciaram: Hoje, 15 de Outubro é Blog Action Day.

A iniciativa é bem simples. Pessoas do mundo inteiro são incentivadas a dedicar um post de seus blogs sobre um assunto único no dia pré-determinado. Em 2007, a pauta é o meio-ambiente.

De acordo com o site, mais de 15 mil blogs, 20 milhões de leitores e várias empresas e organizações participariam do evento.

A sugestão é que o tema seja abordado de forma livre. Cada um trata o meio-ambiente sobre a perspectiva que achar mais bacana. Como este blog sempre foi e sempre será um espaço de variedades, dedico o post à um documentário que traz uma realidade que assusta. Uma realidade que todos preferiam que fosse só mais um tema de filme de ficção qualquer.


"Uma verdade inconveniente" é simples. É tão simples e cru que assusta. Não tem meio termo, não tem choro. Os dados, as estatística e os fatos apresentados pelo filme com respeito à situação atual do meio-ambiente e as causas do aquecimento global dão aquela impressão de "como chegamos a esse ponto?". É impactante e mostra que só ações imediatas servem nesse momento. Nem mais um minuto. Descarte o patriotismo e a veia política do filme (o documentário é apresentado por Al Gore, ex candidato à presidência dos Estados Unidos) e absorva os alertas.

Pessoalmente falando, acredito por várias razões, que não vá ser o homem quem vai destruir de vez o planeta. Seria muita honra pra quem faz tanta destruição. Mas o que o filme mostra é claro: Se mudanças não forem tomadas, a vida na Terra nos próximos anos será no mínimo insuportável devido ao efeito estufa.

Independente de raça, cor ou credo, cada um tem por obrigação emergencial cuidar localmente de tudo que puder para amenizar o que já está acontecendo, quer tenha efeito direto à camada de ozônio ou não. Para aqueles que fazem do trânsito, momentos únicos de lançamento de dejetos nas ruas, pensar duas vezes e hesitar antes de jogar a velha latinha pela janela do carro já é um grande passo.

sábado, outubro 06, 2007

Links - Wrecked Exotics


Há anos visito esse site por um motivo simples: Ele te prepara pra se sentir menos pior, no caso de você bater o seu carro. Afinal, o que é bater um Palio, Gol, Celta ou Uno enquanto tem gente batendo carros com valor estimado entre R$500,000,00 e R$2,000,000,00 ?


Lógico que este post é "ironia 100% style". Já bati o carro e sei como é a dor no peito de se ver uma lataria amassada.

Afinal, quem tem um carro de R$1,000,000,00 pode pagar por um conserto por pior que ele seja. Já no meu caso atualmente, não conseguiria arrumar nem um retrovisor do Paliozão :D

terça-feira, outubro 02, 2007

Literatura - Três boas pedidas

O que me faltou de posts nestes últimos tempos, me sobrou de leitura. Netvibes borbulhou de notícias e bons artigos a respeito de Web e Comunicação enquanto 3 livros que eu lí em ritmo de migalhas nos míseros minutos de folga, me chamaram muito a atenção. Seguem as indicações:

1 - Construindo uma vida - Trajetória profissional, negócios e O Aprendiz | Roberto Justus



Monstro Justus em sua melhor forma. Presidente do maior grupo de Comunicação da América Latina e da agência de maior faturamento no Brasil, o cara definitivamente tem muita história pra contar. Pra aqueles que, assim como eu, já adentraram o mundo da publicidade, o livro funciona em alguns momentos como um guia de tudo que acontece nesse meio "peculiar". Muito bacana ver como foi o início da carreira do Não-Publicitário e entender como foi a trajetória cheia de sociedades, contratos, cases de sucesso, mulheres famosas e até programa de televisão.

O jeitão Justus não podia faltar, logicamente. Playboy até o último grau, em certas partes ele te faz soltar aquele riso de canto de boca, quando praticamente pede pra ser chamado de bonachão. Na página 69 você encontra: "Eu por exemplo, graças ao meu estilo, nunca consegui aceitar muito bem qualquer tipo de liderança. Minha personalidade é forte demais para que eu funcione bem sendo comandado."

Eu confesso, se esse estilão não estivesse impregnado no livro, a leitura não teria graça nenhuma. Assim como não teria graça nenhuma se O Aprendiz não tivesse aquelas tiradas e comentários ácidos que puxam o mote de profissionalismo da coisa. Enfim, livro bacana, divertido e obrigatório para estudantes de comunicação e publicidade.

Ponto alto: Referências e recomendações pessoais do autor no fim do livro. Desde sugestões de boas revistas, passando por campanhas de publicidade memoráveis e citações de líderes famosos.

2 - O vôo do Hipopótamo - A incrível história da Cory, uma empresa brasileira que faliu e deu a volta por cima | Nelson do Nascimento Castro


Você conhece a bala IceKiss, certo? Sim, a famosa das figurinhas e da logomarca do beijo. Sabia que a fábrica que produz as balas, a Cory, chegou a decretar falência? O livro conta exatamente a história conturbada do que o autor (e fundador da marca) gosta de chamar de um milagre; O restabelecimento de uma marca que experimentou o gosto amargo do fundo do poço.

O tempo todo no livro o autor exala a paixão que tem por aquela empresa. Isso é bacana, muito bacana de se acompanhar. Notar todos os tipos de esforços que as pessoas podem fazer para não deixar que um fim se instaure em seus sonhos. No caso do autor, Nelson do Nascimento Castro, a Cory era e continua sendo o seu sonho e sua história de vida.

Concordatas, dívidas, investimentos, sucessos e fracassos tratados sob o olhar de quem sempre esteve no olho do furacão. Do céu ao inferno, do inferno à falência e depois à bonança. O livro é claro: Conta a história de uma empresa com alma.


3 - Marley e Eu - A vida e o amor ao lado do pior cão do mundo | John Grogan


Não se engane pelo nome simplista do livro. Vá lá, deixe o preconceito de lado. Se estatísticas e fama forem o seu forte, saiba que o "livro do cachorro" foi o mais vendido no Brasil e no mundo por meses a fio desde o seu lançamento. Tive que comprar pra entender o porque do sucesso.

Minha análise é: Até este momento lí apenas 30 páginas mas COM TODA CERTEZA, já entendi que este será um dos meus livros preferidos de todos os tempos. Em 30 minutos, dei gargalhadas com a história e com o jeito com as descrições. Muito, mas muito bem escrito o texto. Se eu tentar colocar aqui uma sinopse, vou estragar tudo. Então, prefiro resumir que a história gira em torno apenas de.... um tal cachorro.

domingo, setembro 02, 2007

Links - Viral Cadbury Dairy Milk

Sensacional o videozinho produzido para divulgar o chocolate inglês Cadbury Dairy Milk. O mote da campanha é algo como "Um minuto e meio cheios de diversão".

Non-Sense no último grau que vale a pena conferir: http://www.aglassandahalffullproductions.com/

Via: Sedentário

sexta-feira, agosto 31, 2007

Publicidade - Comercial de varejo

Dentro da publicidade, sabe-se bem que um dos maiores dilemas conceituais, criativos e mercadológicos da profissão é: Como fazer uma campanha para o mercado de varejo que seja ao mesmo tempo decente, ousada, criativa e que gere resultados satisfatórios?

É possível sair do arroz com feijão? Incluindo os comerciais com preços em formatos de raios, explosões caindo na tela, "quer pagar quanto?" das casas Bahia e muitos outros.

Pode até ser mais oneroso para os anunciantes, muito mais difícil de produzir, mais desafiador para os diretores de criação e mais complicado para os telespectadores absorverem o formato. Mas que dá um prazer imenso em ver um vídeo ousado desses para um Supermercado, isso dá:

quinta-feira, agosto 30, 2007

Tecnologia - Power Point + Youtube Vídeos

Dica valiosa: O bom e velho Power Point, amigo de todas as horas e de todas as apresentações daqueles que não dominam o Flash, pode ter vídeos do Youtube facilmente linkados em seus arquivos. Para quem faz suas apresentações em ambientes com disponibilidade de Internet, a dica é de uma praticidade tremenda. Basta alterar alguns caracteres no link original e voilá! Vídeo permeando a apresentação.

Vídeo explicativo:



Depois da dica, certifique-se de tomar alguns cuidados específicos, que fazem TODA A DIFERENÇA para uma apresentação de qualidade. A menos que você queira que sua apresentação se torne tema para um quadro de comédia:

quarta-feira, agosto 22, 2007

Cotidiano - Curso de Memorização e Concentração

O que você faria ao se deparar com uma peça gráfica assim:


Pra mim, apenas duas seriam as possibilidades: Ou a expressão "Senhor Memória" me afastaria pelo leve teor religioso, ou a frase "O seu futuro depende disso" me faria descartar o panfleto pelo apelo Auto-ajuda. Como disse o Rafael, a divulgação do evento, que incluía até outdoor, era totalmente "Avenida Paraná Style" (Avenida Belo Horizontina de comércio popular).

E se o preço do tal evento fosse digamos, salgado? Possibilidade zero de comparecimento, certo?

Quase. Um panfleto semelhante a esse, que me foi entregue no sinal, ficou jogado desaparecido no assoalho do carro por uma semana. Numa andança de sábado qualquer, o velho amigo James pega o tal panfleto no chão e num acesso de determinação qualquer, cismou que precisava exatamente daquilo: Memorização e Concentração. Já eu, num devaneio qualquer, decidi literalmente pagar pra ver do que se tratava.

Voltei ontem do segundo dia de palestras e posso garantir com toda a segurança, que foi o melhor investimento que eu fiz em muito tempo.

Muito raciocínio lógico, exercícios práticos, dicas de aprimoramento, testes presenciais e bom-humor. Os poucos minutos de toda a palestra que pareciam se encaminhar para a auto-ajuda, na verdade se tornaram uma motivação sóbria, concisa e muito razoável.

O palestrante era Renato Alves, graduado em computação e MBA em gestão empresarial. Estudou ciências cognitivas e filosofia da mente pela Unesp, áreas em que se tornou pesquisador. Atualmente é o homem com a melhor memória do país segundo o Ranking Brasil, título que ganhou lendo, memorizando e repetindo em poucos minutos uma seqüência numérica de 110 dígitos e uma seqüência de 107 palavras ALEATÓRIAS. O tempo disponível para memorização? 40 minutos. (!!)

Os dois dias de palestra foram marcados por exercícios de aprendizagem em grupo (400 pessoas presentes), muita interatividade e até mesmo ginástica laboral.

Algumas lições que ficaram foram estas:
  • É completamente possível e humano ler uma média de 30 livros em um ano. Sem leitura dinâmica, sem segredos. Quanto mais, melhor. Mas, quem não ficaria muito satisfeito com um saldo superior a 20 livros/ano?
  • Memorização exige muito mais do que técnicas pré-estipuladas. Ninguém tem memória ruim, e remédios para este fim são praticamente placebos. Indivíduos podem estar com a memória ruim em determinado dia ou período. Fatores externos como alimentação saudável, exercícios para mente e para o corpo, além de boas noites de sono, contribuem mais do que se pode imaginar.
  • Como se sabe, o percentual de brasileiros que não são analfabetos funcionais é pequeno. Os que sabem efetivamente estudar é quase inexistente. Ontem percebi que eu nunca soube.
  • Determinação no nível mais elevado é o segredo nº1 para se obter concentração. Essa, por sua vez, é o segredo para uma boa memorização. Memória treinada, métodos de estudo eficazes.
  • Não importa qual o ramo de atuação profissional em que se atue, uma memória fora dos padrões faz a diferença.
OBS: Como publicitário chato, voltando à peça gráfica do início, eu confesso; sabendo que a intenção de um folder desses é pelo menos chamar a atenção e informar, o objetivo foi atingido com sucesso. Já a Gestalt do Objeto, a gente deixa pra depois, né "designers"?

domingo, agosto 19, 2007

Blogs - Desenblogue

Neste último dia 15, quarta-feira passada, foi divulgado o resultado do II Festival Desencannes, o Óscar das pérolas publicitárias brasileiras. Em outras palavras, "as pérolas impublicáveis da propaganda".

A cobertura completa está no blog, o Desenblogue, que traz todas as peças premiadas, a short list e ainda o time completo dos jurados. (Gente de peso na publicidade nacional)

Assino o feed do blog e me divirto com as sacadas e o estilo criativo bizarro que aparecem lá freqüentemente. Assim que meus dotes photoshopísticos estiverem afiados, uma certa idéia minha irá figurar por lá, com certeza. Enquanto isso, fiquem com algumas peças recentes e que participaram do concurso:

quinta-feira, agosto 16, 2007

Futebol - Bruno, 7 anos

Não tem jeito. Quando é pra nascer endiabrado, nasce:


Tá na hora de ir lá buscar o menino, ein Cruzeirão?

Créditos: The Old Godza

terça-feira, agosto 14, 2007

Utilidade - Google Maps com rotas

Não sei exatamente há quanto tempo essa ferramenta está disponível no Google Maps, mas ao menos pra mim está sendo bastante útil.

Se trata da função "Como Chegar", que faz um traçado completo de uma determinada rota no mapa. Serviços como MapLink e Telelistas já dispunham do recurso (Map Link era pago), mas particularmente achei muito mais funcional no Google. Usando dois campos, um de origem e um de destino, basta digitar os endereços e com um clique o melhor trajeto é indicado. O sistema ainda aceita entradas mais genéricas como "Aeroporto da Pampulha" e outros.

A função opera em paralelo com as opções de imagem por satélite e mapa híbrido, já tradicionais.

Rota exemplo: Origem/Parque das Mangabeiras - Destino/Aeroporto da Pampulha

quinta-feira, agosto 09, 2007

Internet - O fenômeno (medonho) do analfabetismo digital

Neste exato momento, eu gostaria muito de ter em mãos uma pesquisa qualquer que analisasse apenas uma questão, a saber:

- Como é o hábito de leitura entre usuários de Internet?

Trocando em miúdos: As pessoas lêem e interpretam de forma decente o conteúdo on-line despejado diariamente em seus monitores?

Estava eu passeando tranqüilamente pelo meu Netvibes para ler as notícias do dia e dar uma sapiada nos blogs que eu freqüento, quando caí no Cris Dias. 10 minutos após ler o último post eu ainda dava gargalhadas.

Alguma alma abençoada, tirou não sei de onde, a seguinte brilhante idéia:

Fã de um tal Leandro Lopes, ela disparou na comunidade do orkut do tal "cantor", que um certo site estava aceitando sugestões de quais seriam os próximos músicos a participar do Projeto Estúdio Coca-Cola. O tal site descoberto é o Brainstorm#9, blog referência em publicidade que na época, fez um post completo exatamente sobre a iniciativa da Coca-Cola, por ser um case de marketing bacana, diferente.

A nossa amiga miguxa não pensou duas vezes. Trouxe toda a trupe do orkut pra implorar no blog, que o tal Leandro fosse escolhido para participar de um dos shows promovidos pela Coca. Pronto, instaurou-se o caos.

Que eu contei, foram 58 comentários. Mais de 50 pessoas que sequer leram o primeiro parágrafo do tópico. Pra que ler, não é verdade? Se a mestra sugeriu que o blog é do DONO DA COCA-COLA ou coisa similar, então vamos todos lá pedir qualquer coisa né gente? Afinal, lá eles têm campos de comentários que pedem até o seu e-mail! Logo, deve ser muito sério esse esquema.

Agora, nada me doeu mais o coração do que tentar decifrar aquele português. Ahhh o português... Que português é esse que vêm sendo disseminado em larga escala pelo Orkut, Fotologs e afins?



Achando que nada poderia piorar nessa salada de frutas da ignorância, percebi que esse fenômeno já é antigo.

Há tempos atrás, o Marco Gomes - um Programador de Interfaces - escreveu no seu blog que em uma bendita sexta-feira a noite, estava ele trabalhando e tendo de ouvir involuntariamente MC Marcinho, que tocava ao vivo ao lado de sua casa ou escritório, creio eu.

Pronto, lá vamos nós para o caos denovo. Em pouco tempo, surgiram mais de 20 comentários de pára-quedistas vindos do além, que caíram no blog dele e o confundiram com o próprio do tal MC Marcinho. Isso, claro, porque não se deram ao trabalho de ler sequer uma frase do que o pobre coitado escreveu naquele fatídico post. Nascia alí a síndrome do Mc Marcinho.

E aí eu me pergunto: Se em segundos, brotam do chão dezenas desse tipo de pessoas, o que (e como) a maioria esmagadora da Internet anda lendo na Internet? Só se lê hoje em dia descrições de fotos pessoais em perfis de orkut e fotologs? Não respondam que eu tenho medo.

Ao contrário do que andei lendo por aí, analisar e comentar sobre o assunto, não é uma questão de discriminação, segregação ou o que quer que seja relacionado à esse tipo de comportamento. É uma simples questão de um simples requisito básico pra qualquer coisa no dia-a-dia de um indivíduo: Leitura! Se cada um tirasse o mínimo de tempo necessário pra ler o conteúdo básico ao seu redor, esses "equívocos" não ocorreriam. É olhar aonde se pisa, fundamento básico humano.

PS: Como não poderia deixar de ser, graças a uma nova parcela da Geração Orkut, os fãs do Mc Marcinho também mandaram muito bem no português:

quinta-feira, agosto 02, 2007

Tecnologia - American Airlines terá internet em aviões

A American Airlines está se preparando para oferecer acesso à internet em vôos domésticos dos EUA.

A AirCell, fornecedora de sistemas de comunicações para aviação, anunciou nesta quarta-feira que vai se juntar à empresa aérea para testar seu novo sistema de conexão de Internet em aeronaves.

O presidente-executivo da AirCell, Jack Blumenstein, disse à Reuters que o equipamento da companha custa cerca de 100 mil dólares por avião e que as empresas aéreas podem oferecer o serviço por cerca de 10 dólares por vôo.

Eu sei, é muito bizarro, mas a única coisa que eu consegui imaginar ao ler essa notícia, é de quantos e-mails e mensagens instantâneas dos computadores em uso no avião seriam enviados através dessa Internet momentos antes da morte, em caso de acidentes. Sinto um frio na espinha só de pensar no conteúdo dessas mensagens.

Quem já viu a gravação da caixa preta do Fokker-100 da Tam, acidentado em 1996, tem uma diminuta impressão da sensação dos momentos finais:



Matéria completa sobre Internet em vôos aqui: http://info.abril.com.br/aberto/infonews/082007/01082007-39.shl

terça-feira, julho 31, 2007

Publicidade - Absolut Vodka

Muitas vezes falta o pré-requisito básico para campanhas publicitárias: Criatividade.

Não foi esse o caso dessa ação feita para a Absolut Vodka. Criatividade no meio utilizado, na "mensagem" e na execução. É só ver o rosto das pessoas pra notar como ninguém é imune a um outro artifício da publicidade: Curiosidade


Sei de alguém que lê esse blog que não pensaria duas vezes antes de pegar a garrafa hehe..

terça-feira, julho 24, 2007

Publicidade - WWF

Mais uma peça muito boa vinda de ONG. Perdi as contas de quantos anúncios fora do comum eu ví nesses últimos tempos. Greenpeace (questões ambientais gerais), Peta (tratamento ético dos animais), Anistia Internacional (defesa dos direitos humanos) e WWF (defesa do meio ambiente) se revezam entre as mais geniais.

Os temas abordados já são naturalmente polêmicos e isso facilita a vida dos criativos, mas a peça abaixo mostra que estão dando conta do recado MUITO bem. Anúncios sempre simples, diretos e impactantes ao extremo.

quinta-feira, julho 19, 2007

Sonho de Consumo

Cada dia o ser humano tem um sonho de consumo diferente. O meu atualmente é um táxi:

segunda-feira, julho 16, 2007

Documentário - Good Copy Bad Copy


Acabo de ver Good Copy Bad Copy, interessante documentário dinamarquês sobre cultura e direitos autorais.

Entre muitos pontos e contra-pontos, opiniões de defensores do direito livre e também dos direitos autorais convencionais, o destaque fica por conta dos exemplos que permeiam o filme. Mercado cinematográfico nigeriano [o maior do mundo(!)], pirataria na Rússia, indústria fonográfica dos Estados Unidos, Djs e Techno Brega Brasileiro. Vários e bons exemplos.

O interessante foi comparar os discursos das pessoas que abominam a distribuição gratuita de material pela web e das pessoas que o incentivam, inclusive colocando o download como forma de libertar a cultura.

De um lado, todos colocam o Mp3 e seus "arquivos primos" como malignos, verdadeiros destruidores de lares. Uma das entrevistadas diz que em virtude dos downloads gratuitos, "grandes lojas de discos fecharam e empregos foram perdidos, o que é realmente triste". Sim, elas fecharam, mas assim foi em toda a história da humanidade! Não se pode culpar o computador chamando-o de maligno pelos empregos que foram perdidos nas fábricas que produziam máquinas de escrever. Mesma coisa com os K7. Não dá pra ter pena de quem trabalhava em empresas que produziam K7 na época em que foram substituídos pelo CD e DVD. É a evolução natural das coisas, evolução dos modelos de negócio.

Do outro lado da moeda, o pensamento dos entrevistados defensores de novos modelos, se resumiu nas palavras de um senhor de mais de 60 anos que me chamou muito a atenção e falou com propriedade e mais bom-senso do que todas os outros juntos. Petter Jenner produziu e gerenciou nomes importantes da música, entre eles Pink Floyd e The Clash. Na TEORIA, ele DEVERIA apoiar o modelo convencional da indústria da música. No filme, ele diz o seguinte:

Há uma tremenda batalha acontecendo.
Se as empresas fonográficas continuarem presas ao seu antigo modelo de negócios com a tecnologia que temos hoje, isso não funcionará. Isso só vai retardar o desenvolvimento.

Se eles fecharem todas as redes peer-to-peer na Europa, haverá uma na China, ou na Rússia, ou no Cazaquistão. E se você fechar essas, elas irão para as Ilhas do Pacífico. E se você também conseguir fechá-las, elas irão para um barco.

Uma lei global está por vir. Se você tem 600 milhões de pessoas no mundo pagando 50 dólares por ano para acessar e fazer o que quiser com todas as músicas disponíveis, você obtém a receita atual da indústria de discos.

Por que eles não fazem isso? Acho que é porque eles construíram seus negócios de forma a controlar o que chamamos de mercado dos ricos. E eles puseram um muro em volta desse universo. E no resto do mundo, há o que eles chamam de "piratas".

Não adianta! Não dá pra simplesmente tentar inibir, coibir ou vetar as manifestações que surgem na Internet. Quer sejam elas na transferência de arquivos, de palavras, de fotos enfim, de tudo. Um novo modelo de leis autorais tem que ser pensado e discutido. Novas formas de pagamento de direitos aos autores tem que ser propostas. Creative Commons é só o começo.

À quem interessar, o filme está disponível em torrent e legendado em português aqui, no melhor estilo pirata.

Abaixo, o trailer:

quinta-feira, julho 12, 2007

Tecnologia - Coisas que fazem doer o peito

Não. Não ficaram satisfeitos em riscar, chacoalhar, jogar no chão e jogar no concreto o brinquedo.



Pra ficarem satisfeitos, tinham que triturá-lo no liquidificador.

terça-feira, julho 10, 2007

TV - Dexter

Esse post está na gaveta desde Fevereiro, quando a terceira temporada de Lost andava bem morna e eu decidí assistir aos episódios de Dexter, seriado que tinha passado despercebido até então.

Depois de assistir toda a primeira temporada, a sensação que ficou foi aquela de uma grata surpresa. Seriado EXCELENTE e totalmente fora do comum. Com apenas 12 episódios, conseguiu ter uma primeira temporada memorável, criativa e muito, mas muito bem produzida e executada.

O post foi reaberto agora porque Dexter teve sua estréia na Tv brasileira nesse Domingo, pela FOX. Abaixo, o melhor dos trailers de divulgação do seriado:


Resumindo a trama, o seriado é baseado no romance "Darkly Dreaming Dexter", de Jeff Lindsay, que conta a história do ser humano bizarro Dexter Morgan.

Na infância, uma criança órfã e molestada. Adulto, um bem sucedido patologista forense da policia de Miami, especialista na análise de sangue. Se tudo terminasse aí, o seriado seria mais uma cópia de algum dos muitos CSIs espalhados na TV. Mas é exatamente neste ponto que nasce o trunfo dos criadores.

Tudo gira em torno da personalidade única de Dexter. Se na parte do dia, o detetive carismático e de bom comportamento desvenda crimes absurdos apenas fazendo análise sanguínea, à noite ele passa para o time dos Serial Killers. Melhor. Ele se torna um Serial Killer de Serial Killers.

Desde a infância, com a ajuda do pai adotivo, Dexter canalizou seus impulsos homicidas inatos e os usa para caçar e matar brutalmente criminosos que conseguiram escapar das garras da lei. Genial é pouco.


Através de pequenos Flashbacks de sua infância, todo esse processo do nascimento de um serial killer é mostrado em detalhes. Em um primeiro momento a sensação de distúrbio de personalidade é absurda. Com o passar dos episódios, a vedete do seriado é justamente notar como o cara convive tranquilamente com estas duas rotinas totalmente opostas, dois estilos de vida díspares e com os conflitos inatos de sua vida noturna e sua vida diurna.

Quando tudo já parece bem interessante, colocam na trama um "admirador" do protagonista. Algum desconhecido que, também na posição de serial killer, começa a brincar com Dexter a respeito deste seu lado obscuro. Alguém que, diferente de todos os outros, conhece esse seu "outro lado". Ponto pra trama, que não perde o foco em nenhum momento até o final da temporada, dando respostas rápidas às questões levantadas enquanto explica melhor o funcionamento da mente sombria de Dexter Morgan.

Os destaques ficam para o excelente elenco, a atuação impecável de Michael C. Hall como Dexter, que inclusive valeu indicação ao Globo de Ouro de melhor ator, para a fotografia maravilhosa utilizada (a abertura do seriado é uma obra-prima por si só) e para a trilha sonora, que deixa o seriado exatamente com o clima leve que deveria ficar, já que o tema é pesado e tem algumas cenas fortes.

Ficha Técnica:

ELENCO

Michael C. Hall (Dexter Morgan), Jeniffer Carpenter (Debra Morgan), Laure Velez (Tenente Laguerta), Eric King (Sargento Doakes), David Zayas (Angel Batista), Julie Benz (Rita Bennett) e James Remar (Harry Morgan)

CRIADOR
Jeff Lindsay.

PRODUTORES
Sara Colleton, John Goldwyn, Drew Z. Greenberg, James Manos Jr.

ESTRÉIA
EUA: 01/10/2006
BRASIL: 08/07/2007

STATUS
Série aprovada, 1a temporada já exibida nos EUA. 2ª Temporada sendo gravada.

HORÁRIOS
Showtime EUA: domingo (22h00)

Fox Brasil: domingo (21h00)

  • Para mais informações, vale visitar o Site do seriado, que é muito bem feito por sinal.
  • Vale também a visita ao site promocional do lançamento do seriado no Reino Unido. Muito bem feita a ação em que me colocam, Filipe Reis, como possível vítima do assassino do caminhão de gelo, coadjuvante da série.

quarta-feira, julho 04, 2007

Ei, estagiário! Você se ferrou mais uma vez!

Se você é estudante e está em busca de um estágio, entrar no mercado e tudo mais, fique atento para as ótimas vagas que encaminho a seguir, vindas diretamente do banco de estágios da Puc Minas:

Opção 1

Para a opção 1, você tem que ser bastante qualificado, afinal eles pagam MUITO BEM.

Valor da bolsa: R$650,00
Horas Semanais: 40

Como pré-requisitos, pegue a caneta e comece anotar as exigências. A lista é singela:
  • Expert em Design Gráfico.
  • Dominar Flash, DreamWeaver e outras ferramentas BÁSICAS de Internet.
  • Saber Inglês, Espanhol e/ou Italiano.
  • Desenvolver peças de Comunicação Visual. (Claro, eles especificam quais são: cartazes, folders, banners, quadros de avisos, placas de sinalização, tótens, outdoors etc.)
  • Web Designer.
  • Redator.
  • Promoter.
  • Dar suporte no relacionamento com todas as áreas da empresa(!) . [Estagiário agora tem que ser gerente e chefe de setor. Mas enfim, pra quem já faz todas as atividades supra citadas, isto é até tranqüilo.]
(A prova)

Opção 2

Valor da bolsa: R$308,00
Horas Semanais: 40

Já para esse outro estágio, você receberá menos. Mas ao que parece, ele é bem mais tranqüilo, diga-se de passagem. Lá, entre as tarefas, você precisará saber apenas...

... enviar Spams!!!


Vamos à definição de Spam pela Wikipédia: "Spam é uma mensagem eletrônica não-solicitada enviada em massa. Geralmente os spams têm caráter apelativo e na grande maioria das vezes são incômodos e inconvenientes."


Ah claro, já ia me esquecendo! Pra quem não sabe, a definição de Estágio no dicionário é, pasmem, APRENDIZADO.

Aprender desse jeito? Não, obrigado. Vou ali ler o Vida de Estagiário, onde a vida de estagiário pelo menos é engraçada.



PS: Como apenas falar de nada adianta, tentei entrar em contato com a coordenadoria do Curso pra fazer um alerta, ou pelo menos dar alguma sugestão com relação ao fato de empresas SUPER IDÔNEAS assediarem os alunos dessa maneira. Infelizmente, o formulário de contato do site não é válido. Maravilha!

segunda-feira, julho 02, 2007

Futebol - Reações e perfis no famoso Mineirão

Estádio Governador Magalhães Pinto ou, como é conhecido, Mineirão. O palco maior do futebol mineiro, terceiro maior estádio do mundo.

Neste fim de semana estive lá depois de muito tempo, para conferir Cruzeiro 3 X 1 Vasco. Durante os 90 minutos que se passaram, fiquei vidrado em cada lance que dava pra se ver de onde eu estava, alí na reta do meio-campo. Jogo nervoso, jogo truncado. O Cruzeiro toma um gol aos 8 minutos, gera apreensão na torcida que volta a cantar logo depois. O juiz da pênalty a favor do Cruzeiro minutos depois e, com o gol, o mundo vai abaixo. No fim da partida, 3x1 Cruzeiro, e ninguém conseguia ver outra coisa que não fossem sorrisos largos nos rostos das pessoas.

O interessante disso tudo, foi que em alguns segundos, me peguei observando o tanto de reações que se tem ali, naquele mesmo lugar. Impressionante o tanto de pessoas, perfis e estereótipos diferentes que ficam aglomerados em cada jogo como aquele.

Vi crianças com meses de vida no colo dos pais, vi senhores de mais de 80 anos de idade, vi mulheres que xingavam o juiz muito mais que os namorados, vi gente vestido de social que parecia ter vindo do trabalho, vi "cinquentão executivo" com pinta de quem fecha contratos gigantescos na semana e extravasa tudo no fim de semana, gente que nem se conhece se abraçando, enfim, vi de tudo. E o bacana foi que no fim das contas, nos três gols que saíram e no apito final do juiz, tudo isso some, todos os estereótipos desaparecem, tudo se une na mesma coisa que é a felicidade das pessoas de ver o time do peito ganhar.

Voltando ao Mineirão, ele vai ficar assim caso a Copa do Mundo de 2014 aconteça no Brasil:









Crédito das fotos: Saturei.com